InícioBlogEventosVídeosOs autoresContatoRecomendamos

domingo, 15 de junho de 2014

Fuja do Imposto de Renda e ganhe mais!

U
ma vez, em um artigo aqui mesmo no blog (aqui), nós já comentamos a respeito de como a tributação brasileira é regressiva, ou seja, proporcionalmente aqueles cidadãos que tem menos renda são (muito) mais tributados do que os mais abastados, até mesmo porque bens essenciais à sobrevivência, e que pesam mais nos orçamentos das famílias mais pobres, são altamente tributados.

Uma das principais evidências disso é que, apesar de se chamar Imposto de Renda, e o conceito de renda ser a remuneração sobre um investimento ou aplicações de capital, o Estado permite que alguns investimentos sejam completamente isentos do pagamento deste tributo para as pessoas físicas (mas não isenta o salário desta cobrança), o que lhes confere, de saída, uma rentabilidade mais elevada, tornando-se, portanto, mais atrativos. Os LCIs e LCAs são duas modalidades que se enquadram nesta situação.

O que são LCIs e LCAs? As definições destas modalidades encontradas no excelente site Infomoney (aqui) são as seguintes:

- LCI: As LCI (Letras de Crédito Imobiliário), são títulos de renda fixa emitidos por um banco e lastreados por empréstimos imobiliários. "Os títulos podem ter rentabilidade pré ou pós-fixada – ou seja, o investidor pode saber exatamente quanto vai receber durante o tempo de aplicação ou então terá um retorno que flutuará de acordo com as taxas de juros praticadas no mercado." Além disto o Fundo Garantidor de Crédito assegura valores de até R$ 250 mil, ou seja, os riscos são mínimos;

- LCA: As LCA (Letras de Créditos do Agronegócio) são "títulos emitidos por bancos garantidos por empréstimos concedidos ao setor de agronegócio. Esses títulos foram criados pelo governo com objetivo de ampliar os recursos disponíveis ao financiamento agropecuário", ou seja, basicamente são iguais às LCIs, diferindo somente no tocante ao segmento que será financiado com suas aplicações financeiras. As LCAs também são garantidas em até R$ 250 mil.

Entretanto, em ambas as modalidades, os recursos só podem ser resgatados na data do vencimento das aplicações, portanto, aplique apenas recursos que não serão utilizados imediatamente e escolha prazos compatíveis com seus planos, ou seja, você precisa fazer algo que sempre recomendamos: o seu planejamento financeiro. É ele quem determinará as melhores condições para você.

Portanto, se você quer "turbinar" seus rendimentos, avaliar a incidência dos impostos é uma tarefa indispensável, que vai ajudá-lo a encontrar as alternativas que te ajudarão a ganhar ainda mais e assim, alcançar seus objetivos mais rapidamente.