InícioBlogEventosVídeosOs autoresContatoRecomendamos

terça-feira, 2 de abril de 2013

A Dieta do Enriquecimento Total - 2

N
o artigo anterior, falamos sobre a frugalidade como uma importante característica a ser adquirida e incentivada por todos, em substituição ao comportamento consumista em voga ultimamente. Dada a importância do tema, continuaremos abordando características importantes para a Dieta do Enriquecimento Total, agora enfocando a Disciplina.
De nada adiantará decidir ser frugal, se não nos controlarmos e mantivermos a disciplina para assimilar plenamente as demais características. A decisão ficará apenas nos primeiros dias e logo depois repousará no reino do esquecimento. Nossa mente do hábito é traiçoeira e permanentemente nos prepara armadilhas para que voltemos à nossa zona de conforto. Alterações nos hábitos arraigados geram desconforto e, como tal, provocam a reação que busca voltar ao estado anterior.Richard Koch no seu livro "O Estilo 80/20" questiona a eficácia de se fazer orçamento doméstico justamente por essa característica da falta de disciplina. Para ele, é muito mais fácil dirigir o foco para um item que administra a abundância do que para a que administra a escassez. No caso, tem mais valia fazer a reserva mensal de 10% dos ganhos da família, inclusive aqueles referentes a recebimentos esporádicos, como a venda de um bem ou uma herança inesperada. Aliás, é interessante citar que o capítulo relacionado a dinheiro é um dos mais curtos do livro e se resume a esse método dos 10%. Como no bordão de Koch, "menos é mais".
Ainda na mesma linha de raciocínio da teoria de Pareto, adotada por Koch em toda a sua obra, podemos dizer que 80% do que nos traz felicidade, do que nos enriquece, do que nos é mais importante e valioso, tem origem em apenas 20% do que fazemos. Ou seja, se nos concentrarmos apenas nestes 20% mais produtivos, podemos ter mais dispendendo menos esforços. Eu me referi a esse pensamento neste artigo, onde me concentrei em sua aplicação no campo dos investimentos, mas ele pode ser aplicado igualmente em qualquer área de nossa vida. Por exemplo, o autor Timothy Ferriss se baseou nesse pensamento para escrever o livro "Trabalhe 4 horas por semana", onde ele apresenta situações práticas que mostram o quanto desperdiçamos de tempo em nosso dia a dia com tarefas que não agregam nada ao nosso trabalho.
Podemos observar que, em empregos formais de carteira assinada e relógio de ponto, é praticamente impossível trabalhar apenas 4 horas por semana, e certamente seremos advertidos por nossos superiores se, após realizarmos nossas tarefas mais importantes, resolvermos ir pra casa em pleno expediente. Entretanto, a experiência é válida para confirmar que, com disciplina e hábitos corretos, podemos ser mais produtivos, criativos e eficientes. Aliás, essa é uma realidade em empresas de tecnologia como o Google.
Focar nos 20% mais importantes, para a disciplina, facilita na adoção de novos hábitos saudáveis, pois nos concentraremos em apenas uma fração das ações, em especial as que mais geram retorno. Como podemos ver em diversos sítios sobre Educação Financeira e Finanças Pessoais, existem diversos métodos para controlar despesas e gerar receitas, muitas delas sendo extremamente semelhantes entre si. Adotar todas elas pode não produzir o resultado esperado, além de, muitas vezes, não se adequar à sua realidade particular. Em "Casais Inteligentes Enriquecem Juntos", Gustavo Cerbasi identifica características comportamentais das pessoas, as quais podem reagir favorável ou negativamente a cada método de Educação Financeira. Portanto, verifique qual o método que mais lhe chama a atenção e coloque-o em prática imediatamente.
Assim, manter a disciplina quanto às boas práticas de Educação Financeira faz parte da Dieta do Enriquecimento Total e merece toda a atenção do educado financeiramente.
Sucesso a todos!