InícioBlogEventosVídeosOs autoresContatoRecomendamos

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Os oito atributos da mulher rica - 8


C
hegamos ao último atributo da mulher rica: a Beleza. Algumas mulheres ricas acham que este é o primeiro, dando superlativa importância a sessões de estética, salões de beleza, spas e outros meios de cuidar do corpo. Mas a beleza a que nos referimos aqui não é somente a beleza física. Ela é um somatório de todos os outros sete atributos.
A mulher que manifesta os atributos abordados nesta série possui desenvolvidas a autoconfiança e a autoestima. E, como diz Suze Orman, "não há nada mais bonito do que uma mulher confiante". Com efeito, uma mulher confiante não tem medo de dizer o que pensa, de tomar as atitudes necessárias para atingir seus objetivos, de agir na hora certa, de aprender mais, de enriquecer. Mulheres assim são mais do que necessárias e desejadas na sociedade, no mundo dos negócios, nos lares, nas escolas, na política.
As portas se abrem para as mulheres de caminhar firme porém delicado, que não abaixam a cabeça por qualquer intimidação, que sabem onde querem chegar. As mulheres devem sempre manifestar o que realmente são: decididas, dinâmicas, alegres, joviais, inteligentes, criativas, entre outras qualidades individuais. Há quem pense que feminilidade signifique submissão, servilismo ou auto-anulação, mas esse é um engano grosseiro.
Há muito tempo que as atividades femininas não mais se restringem a tarefas domésticas. E a capacidade das mulheres vem se firmando cada vez mais no mundo dos negócios, demonstrando que não existem limites para a ascenção profissional feminina. Lamentavelmente, nossa sociedade ainda exige delas o acúmulo de funções: além de excelentes profissionais, elas obrigatoriamente precisam ser excelentes donas de casa, mães, esposas, amantes, etc. Para tanto, devem "colocar a mão na massa" tanto no trabalho como em casa, e ainda estarem prontas, arrumadas, perfumadas e lindas para os seus respectivos companheiros.
É uma exigência injusta, considerando também que as mulheres ainda ganham cerca de 30% menos que os homens exercendo as mesmas funções/cargos. Certas atividades domésticas podem ser terceirizadas, com a contratação de "secretárias do lar", mas geralmente a administração dessas tarefas permanece com a dona da casa. Outras atividades, contudo, não podem ser terceirizadas, como a presença na vida dos filhos e do companheiro e a qualidade dessa convivência.
Daí a necessidade da mulher desenvolver os demais atributos além da Beleza para poder viver plenamente, com qualidade e satisfação. A conquista da independência financeira pode facilitar esse desenvolvimento, por permitir maior disponibilidade de tempo para a família, os estudos e os cuidados pessoais.
A autoconfiança e a autoestima podem ser englobadas numa expressão: satisfação consigo mesma. E essa satisfação traz consigo um importante adereço para a beleza feminina: o sorriso. Nenhum colar de diamantes nem brincos de pedras preciosas embelezam mais uma mulher, em qualquer idade, do que um sorriso de satisfação. Saber que é senhora de seu próprio destino, que pode dar conta de qualquer adversidade sem maiores sacrifícios, que está disposta a enfrentar os revezes e comemorar as alegrias da vida, com o mesmo encantamento de uma criança que descobre um mundo novo... Isso, dinheiro nenhum no mundo tem o poder de comprar. Mas a mulher (e o homem) rica(o) podem desenvolver em si mesmos e desfrutar a qualquer momento.
Assim, com a chegada do fim do ano, esperamos que esta série de artigos sirva de inspiração aos nossos leitores para que busquem uma vida rica, tanto de bens como de virtudes, plena de significado e com o poder de transformar a vida de todos ao nosso redor.
Desejo a todos muito sucesso e um feliz 2013!