InícioBlogEventosVídeosOs autoresContatoRecomendamos

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Quer investir? Vá ao supermercado!


V
ocê deve ter começado a ler este artigo sob forte sentimento de estranhamento, mas antes de qualquer coisa, quero dizer que não enlouqueci e estou mesmo falando de investir indo ao supermercado, mas claro que não estou falando do tipo de supermercado que você pensou, aquele onde compramos alimentos, utensílios e produtos de limpeza, para depois passar meia hora ou mais tempo na fila do caixa.

Estou falando dos "supermercados de investimentos", um conceito no qual são reunidas em corretoras virtuais diversas modalidades de investimentos de diversas instituições financeiras, desde CDBs, passando por fundos de investimentos e até mesmo previdências privadas, ou seja, é uma forma que foi encontrada para vender estes produtos com taxas de administração menores, compatibilizando assim a necessidade de rentabilidade do pequeno investidor com a queda da SELIC.

Este modelo de negócio permite a oferta de investimentos vantajosos como Letras de Credito Imobiliário, que tem isenção de IR e no modelo tradicional só poderiam ser adquiridas por investidores muito abastados. Um bom exemplo é o das corretoras XP e Ativa que já disponibilizaram fundos DI com taxa de administração de 0,3% a.a., mais baixa do que a do próprio Tesouro Direto, com valor inicial de aplicação de apenas R$ 500,00. Uma taxa de administração como essa, tão baixa, tradicionalmente, requeria um valor inicial de investimento muito mais alto. Para que se tenha uma ideia, um tradicional banco de varejo oferece hoje um fundo DI, com taxa de administração de 0,8% a.a., com valor inicial de aplicação de R$ 90.000,00.

Em um momento como este, onde a Taxa SELIC ainda vai cair mais um pouco e deverá retomar a alta em 2013, mas jamais para voltar aos patamares altíssimos vistos 10 ou 15 anos atrás, é preciso buscar as alternativas que nos custem menos em termos de taxa de administração e os supermercados de investimentos são uma possibilidade que merece ao menos ser analisada, pois pode trazer bons resultados para seu patrimônio.

E por fim, sugiro que seja feita uma análise criteriosa na escolha da corretora, verificando como o processo funciona em detalhes, pois a internet apesar de ser uma maravilhosa fonte de informações e possibilidades, esconde também riscos quase imperceptíveis.