InícioBlogEventosVídeosOs autoresContatoRecomendamos

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Estilo de vida e Luxo são a mesma coisa?

Lendo este texto (clique aqui), pude reforçar a crença que já tinha, de que é possível ser feliz com uma boa condição financeira, sem necessariamente ter grandes luxos. O casal citado, de sexagenários bem posicionados financeiramente, que são os pais da autora, optam por um estilo de vida mais frugal, mas dedicam-se a um prazer que só é possível para que dispõe de algum dinheiro: viajar e aproveitar o que há de bom nas culturas de outros países.

Este tipo de decisão, com êxito, reafirma algo em que nós, do Enriquecimento Total, também acreditamos: o sucesso financeiro depende de prioridades e também de assumir as consequências dos nossos atos.
Uma vez, o Adriano Duarte, conversando comigo, abordou a "necessidade" de ter uma Ferrari, com seu seguro, manutenção e impostos caríssimos, quando qualquer carro pode cumprir a função essencial de locomoção. O luxo é realmente necessário?

Sendo assim, pode-se dizer que esta situação mostra o que aparentemente é óbvio: que existe um amplo espectro de possibilidades de uso do dinheiro, desde a avareza total, até o esbanjamento absoluto, e dentro deste espectro é que se encaixam as prioridades, que no caso do casal do texto, eram de viajar e apreciar outros países, em detrimento de alguns luxos, e ainda por cima gastando menos (ainda que esta economia tenha sido involuntária). Isto, que começou meio sem querer, agora que é voluntário, chama-se PLANEJAMENTO, e mostra que luxo é apenas uma das possibilidades de estilo de vida. Estilo de vida, é algo muito maior, é a forma como queremos viver e aproveitar nosso dinheiro.

Até a próxima!