InícioBlogEventosVídeosOs autoresContatoRecomendamos

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Ações: Grafismo X Fundamentalismo

Olá, pessoal!

Vamos falar hoje um pouco mais sobre mercado de ações, mais especificamente sobre as formas de analisar ações e adquirir informações para escolher quais ações comprar dentre as muitas opções disponíveis no mercado. Basicamente existem duas formas de análise: a análise gráfica e a análise fundamentalista.


A análise gráfica é pautada pelas oscilações e por tendências que se formam a partir destas mesmas oscilações. Este método é objeto de muitas discussões, inclusive com vários livros inteiros dedicados ao assunto, normalmente voltados à operações de compra e venda no curto ou curtíssimo prazo. Além disto, esta forma de análise é cercada de um certo glamour, em função da "fantasia" do heroísmo, de fazer fortuna no mercado de ações de forma bastante destemida e rápida.

Já a análise fundamentalista tem um caráter muito mais voltado ao longo prazo, e prioriza informações advindas do balanço patrimonial, da demonstração de resultado de exercício, da demonstração de fluxo de caixa e outras peças contábeis. Desta maneira, é muito menos discutida do que a análise gráfica, e por ser menos conhecida, menos pessoas aproveitam os seus benefícios, especialmente para quem não dispõe de muito tempo e recursos para o frenético "compra e vende" dos grafistas, que gera custos de corretagem, por cada ordem de compra e venda.

A análise fundamentalista percebe tanto os aspectos internos, ou seja, de gestão da empresa e dos seus indicadores econômicos-financeiros, mas também observa os aspectos externos, de macroeconomia (taxa de juros, inflação, desemprego, PIB, etc...) e de caráter setorial, inclusive de determinações do Estado que possam influenciar os rumos do setor econômico em que a empresa está inserida. Porém, conforme o livro "Warren Buffett e a análise de balanços", de Mary Buffett e David Clark, que li recentemente, mostra que o importante é que a empresa da qual vamos comprar ações, tenha uma vantagem competitiva inegável, o que garantirá resultados por anos a fio.

Vale a pena pesquisar mais a respeito...

Até a próxima, pessoal!